“Informe-se sobre o racismo, enxergue a negritude, reconheça os privilégios da branquitude, perceba o racismo internalizado em você e transforme seu ambiente de trabalho.”, diz Djamila Ribeiro em seu livro “Pequeno Manual Antirracista”.

Foi com esse pensamento, que, há quase um ano, líderes de grandes empresas se reuniram e assumiram um compromisso público para transformar o ambiente corporativo, combater o racismo e lutar pela equidade racial. Desse compromisso nasceu o MOVER!

De lá pra cá, ampliamos o debate e diálogo com representantes da comunidade negra em um processo de escuta e letramento da liderança. Definimos os nossos pilares de atuação e metas até 2030: geração de 10 mil vagas de lideranças, 3 milhões de oportunidades através de capacitação e conexão com mercado de trabalho, além do apoio na construção de sociedade mais conscientizada. Nos constituímos como uma Associação Civil e inauguramos nossa sede no centro do Rio de Janeiro, na região conhecida como “Pequena África”.

Participamos do debate e oferecemos centenas de vagas em eventos como o AfroPresença, a Conferência Juntos e o Fórum Sim à Igualdade Racial. Fechamos parcerias com instituições renomadas como o ID_BR e o Instituto Baobá. Também nos articulamos com outras empresas, o movimento cresceu e hoje somos 47 associadas.

Temos atuado -e continuaremos a atuar- para influenciar a transformação em relação ao racismo e obter impactos positivos na educação e geração de emprego e renda.

Hoje, no Dia da Consciência Negra, relembramos o porquê de estarmos juntos. Porque precisamos mudar essa realidade. E a mudança depende de cada um e de todos nós.

Pra ser maior, só fazendo juntos!

Leave a Comment